Feliz Páscoa!!!

SISters!!

Páscoa chegou, porém como estamos treinando para o MPC SIS então nesse domingo todas nós iremos comer aquela saladinha básica.

Mas de qualquer forma, SIS está aqui e vai te surpreender!!!!!

pre-order-surprise.gif

Você sabe dos famosos “Easter eggs” de Outlander, que os produtores estão sempre comentando à resposta? Aquelas pequenas surpresas que eles escondem nas cenas de filmagens?

SIS reuniu todos os Easter eggs e colocamos todos juntos, listado para a sua apreciação!!!!! Yay!!!

Oij3XSJ.gif

Tão feliz que você amou a surpresa!!!

Talvez você não saiba, mas “Easter egg” é tipo uma piada, mensagem, foto ou uma referência secreta inteligentemente escondida em uma cena. Outlander tem alguns “Easter Eggs” escolhemos os melhores especialmente porque você tem que assistir de novo e de novo e tudo novamente.

Então…

SIS será o seu coelhinho da Páscoa…
Opa, melhor nos ajeitar para mais um delicioso feriado!!!

giphy (3).gif

Sem maquiagem, e você não precisará tirar o salto alto do armário, não vamos precisar estar espetaculares para essa ocasião, porque dessa vez iremos em uma grande caçada.

Só não esqueça de colocar suas orelhinhas de coelhos.

reesewitherspoon.gif

Confira nossa lista dos melhores easter eggs de Outlander e então assista tudo de novo e de novo, e mais uma vez ,exatamente como nós fizemos, e se divirta muito com o Sam e seu porquinho da Páscoa!!

 easteregg

1. Artemis & Bordel de Paris

O navio que levou Claire (Caitriona Balfe) e Jaime (Sam Heughan) para suas aventuras no Caribe. Esse easter egg  remonta as cenas dos bordéis de Paris da 2ª temporada, embora tenha sido retocado para ser usado aqui na terceira temporada.

Artemis&brotel.jpg

2. Print Shop

A placa do lado de fora da Print Shop é cheia de simbolismos. 

Primeiro de tudo esse é o momento mais emocionante de Jaime e Claire.

Na gráfica, Jaime faz uma pausa e limpa sua placa. Mesmo que não seja seu nome verdadeiro, ele tem orgulho disso. O gesto ecoa de Claire no fim do episódio anterior, quando ela toca a placa antes de entrar na loja.

C&J-sign

Em segundo lugar, não foi apenas um placa simples.
Quando uma placa é mais que um sinal?

SIGN

O que significam os sinais e símbolos?

Os símbolos são frequentemente usados como código secreto, substituíam palavras escritas em populações que não sabiam ler e escrever.
Então, a placa de A. Malcolm era um anúncio, um meio de transmitir quem ele era para seus clientes, e ele imbutiu o signos com símbolos – tanto sobrenaturais quanto religiosos – que tinham significado em sua vida.

Hora de dar uma olhada mais de perto no que todos esses símbolos podem significar.

O relacionamento de Jamie e Claire pode ser considerado categoricamente estrelado. Assim como as estrelas, luas e planetas se movem em suas órbitas, Jamie e Claire estão em constante movimento, deslizando através do tempo, sempre orbitando um ao outro. As órbitas são círculos – elas sempre retornam no mesmo lugar em que começaram. “Prometa que você sempre voltará para mim, Claire.” Três símbolos planetários orbitam em torno do letreiro da gráfica: Júpiter, Saturno e Terra.

1. Júpiter e Saturno
Antigas crenças astrológicas acreditavam que as órbitas das estrelas, da lua, dos planetas e do sol ditavam nossas vidas na Terra. Amores “escritos nas estrelas” estavam a mercê de alinhamentos interplanetários mal-intencionados. O amor entre Jamie e Claire pode ser considerado um amor escrito nas estrelas. Do mesmo modo que as estrelas, a lua e os planetas se movimentam dentro de suas órbitas, Jamie e Claire também estão em constante movimento, deslizando-se através do tempo e orbitando-se entre si. Órbitas são círculos — sempre retornam ao lugar de início. “Prometa que você sempre voltará para mim, Claire.” Três símbolos planetários orbitam em volta da placa do Print Shop: Júpiter, Saturno e Terra.
Júpiter e Saturno são símbolos que se complementam e são, ao mesmo tempo, opostos com características que encaixam bem em nossa narrativa. Saturno representa força, disciplina, agricultura, orgulho e escuridão. Denota uma energia que define um indivíduo dentro da esfera social — Jamie é um líder porque ele é definido assim pela opinião pública e gera uma sensação de dever cumprido por ser um provedor e protetor. Júpiter é a estrela da inteligência, da clareza, do otimismo e do altruísmo, características que definem bem nossa Dra. Claire, sempre focada e cheia de compaixão. Júpiter é invocado em práticas que exigem muita atenção, delicadeza e um nível mais alto de consciência — bons traços para um cirurgião

2. Quadrado e compasso
No centro temos um quadrado e um compasso, símbolos de maçon amplamente usados e de fácil identificação. Sendo Jamie um deles, essa foi a forma de indicar que era seguro para maçons patrocinar sua loja de impressão, e dessa forma, manter os segredos da Maçonaria a salvo de estranhos. O quadrado e o compasso também se juntam para formar as letras, A e M, para o nome de guerra de Jamie, Alexander Malcolm.

3. A coroa e o cardo
A coroa e o cardo são bastante óbvios, já que ocupam um lugar proeminente na capa do livro original de Diana Gabaldon, A Viajante do Tempo. A coroa e o cardo se unem a Coroa Britânica (com o cardo) e a flor da Escócia, trazendo um significado de fidelidade dos escoceses à Coroa Britânica. A coroa representa a Inglaterra e portanto, a Claire. O Cardo representa a Escócia e portanto, o Jamie. É uma representação da união dos dois, o Escocês e a Sassenach.

4. Flor de Morango
Nos cantos superiores onde a placa do Print Shop é pendurada, podemos ver algumas formas florais como um arranjo que parece ser uma flor de morango com folhas de trevo. O sobrenome Fraser foi derivado da palavra francesa, Fresier (morango). Na antiguidade, morangos eram usados na arquitetura para simbolizar perfeição e justiça, enquanto as folhas de trevo são símbolos da trindade sagrada. Em outra análise, podem ser também duas flores jacobitas…uma para Jamie e uma para Claire. Apesar de Jamie não querer ligar seu nome a causa Jacobita, ele era conhecido por publicar materiais suspeitos, então é possível que esse seja outro sinal para clientes saberem que imprimir seus materiais jacobitas ali era seguro.
5. A  Flor-De-Lis
A flor-de-lis é uma flor estilosa, que pode simbolizar várias coisas. Quando pensamos na flor-de-lis, a França vem a mente. Sabemos que Jamie iria incluí-la na sua placa, uma vez que passou anos de sua vida na França, tanto como estudante, soldado ou comerciante de vinho. Ele é fluente em francês e por colocar essa flor na placa, ele manda a mensagem que também pode fazer impressão nessa língua. No Catolicismo, a flor-de-lis significa Santíssima Trindade, a Virgem Maria e o Arcanjo Gabriel, mas no paganismo e durante toda a antiguidade, interessantemente, ela é interpretada como uma abelha.BEES

Abelha é sinal de vida, reprodução e de dependência em uma líder feminina e na sua importância para propagar as futuras gerações. Como o paganismo cedeu ao Cristianismo, a abelha que simbolizava o Divino Feminino, foi recriada para simbolizar a Virgem Maria.

Claire tem muitas ligaçōes com as abelhas. Ela mantém uma colméia no Fraser’s Ridge, mergulha velas em cera de abelha, usa mel para fins medicinais e os usa como trocas na comunidade. Claire certamente é uma abelha rainha, e sabemos que o título atual do próximo romance de Diana na série Outlander é Go Tell the Bees That I Am Gone (Vá dizer as abelhas que fui embora). O ferro forjado entrelaçado da placa também inclui detalhes de serpentes. Na alquimia e no místico, os arquétipos da abelha e da serpente são muitos usados. Abelhas simbolizam indústria, colaboração, realeza e a habilidade de propagar a vida. Abelhas são parte integrante no nosso ecossistema, polinizando flores e garantindo a perpetuação da cadeia alimentar. Cobras e serpentes representam sabedoria, tutela, veneno e medicina. Jamie leva consigo Sawny, a cobra de madeira que o irmão fez para ele, e os dois (Claire e Jamie) têm muitos encontros traiçoeiros com cobras nos livros. Como uma profissional da área médica, Claire teria associação com a Haste de Asclepius, haste entrelaçada com uma serpente, associada à cura e ao medicamento da antiga Grécia. Podemos, também, associar cobras (e enguias!). Com Lord John Grey, que tem encontros com esses nos momentos mais inoportunos. Se olharmos na Bíblia Católica, em ambos os testamentos, iremos achar muito simbolismo com serpentes. Até o Master Raymond e o Conde Saint Germain, usam referências bíblicas sobre serpentes no livro A Libélula no Âmbar“Pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão.” (Marcos 16:18)

6. Cabeças de lobos
Os lobos aparecem muitas vezes nos livros, notavelmente quando Claire se depara com um deles no lado de fora de Wentworth e o mata com as próprias mãos (excepcionalmente no livro). Mas e se os símbolos não são idênticos (acredito que eles aparecem com alguma diferença)? Talvez um represente o lobo e o outro, o cão. Um cão-lobo, Rollo! O simbolismo de lobo e cão na cultura escocesa antiga e em todo o mundo é universal. Muitos ícones ao longo da história eram retratados com companheiros caninos, um sinal de que eram guerreiros com lealdade, instinto e ferocidade.

7. Aleph
O Aleph é a primeira letra do alfabeto hebraico e tem muitos significados divinos. “Eu sou o Alfa e o Omega” pode ser traduzido do hebraico para “Eu sou o (?) E Tav (?)”. Um sinal alternativo para o tav é o X e o aleph também cruza para criar um X (também um quincunce); O alfa e o ômega significam Deus, o quincunce é representado por equilíbrio, alcançando assim, a perfeição espiritual.

8. Clave de FA
Provavelmente a primeira pessoa que lhe vem à mente, quando se pensa em clave musical, seria a Madre Hildegarde e sua genial musicalidade, decodificando as cifras com Jamie e Claire para a causa dos Jacobitas, e claro, o seu profundo carinho pela Claire fez com que ela batizasse a sua filha, Faith, nascida morta, e a enterrasse junto aos anjos. Poderia ser também uma homenagem ao brilhante compositor da trilha sonora, Bear McCreary. As claves na placa são as Claves de Fá, colocadas de frente, de costas e de cabeça para baixo. A Clave de Fá de cabeça para baixo era muito usada nas composições musicais de Bach e outros compositores do período Barroco, mas foi o uso incomum das notas musicais que ajudaram a Madre Hildegarde a perceber que as Clave de Fá eram a chave para decifrar a mensagem secreta nas escrituras musicais do livro A Libélula no Âmbar.
A Clave de Fá é uma espiral, também uma representação visual da Proporção Áurea, ou Número Áureo (uma constante real algébrica irracional representada pela letra grega — PHI). O Número Áureo se dá quando a parte mais longa dividida pela parte menor, é igual ao comprimento total dividido pela parte mais longa. Isso conecta cada nova geração a gerações anteriores, preservando a continuidade, conectando gerações ao longo do tempo e ligando toda a matéria da menor molécula ao Universo; e tudo é abrangente, representando a transcendência do tempo e do espaço. No estudo da mecânica quântica, o número áureo e a noção de tempo/matéria como um espiral são usadas em teorias por físicos quânticos para explicar a possibilidade (e as improbabilidades) de. . . VIAGEM NO TEMPO.

9. Quincunce ou quincôncio

Círculos e esferas têm uma constelação ilimitada de significados e, se você combina as duas metades dos círculos na placa do Print Shop, elas criam um Quincunce, padrão geométrico de cinco pontos usados nas artes, ciências e religiões, por causa da importância numérica de cinco partes compreendendo um todo. Na natureza, o quincunce é interpretado como quatro aspectos físicos nos cantos e um aspecto espiritual no centro: terra, ar, fogo, água e o Quinto Elemento; os cinco sentidos juntos, representam uma pessoa como todo; as quatro estaçōes do ano. Quincunce representa como Jamie e Claire se completam.
Na arte, na ciência e na religião, quincunce estão muito presentes e geralmente são uma confluência dos três estudos. O homem Vitruviano, as pirâmides antigas, o pentagrama, o nó céltico de 5 nós, as cinco feridas de Jesus (o próprio crucifixo) são exemplos de quincunces. Na astrologia, um quincunce é um ângulo de 150 graus entre dois planetas com cinco signos separados. Muitas vezes conhecido como inconjução, significa que os dois sinais estão em oposição, o que poderia anunciar discórdia, oposição ou caos. Mas isso também significa que deve haver uma parceria entre as partes para reconciliar suas diferenças; há certamente momentos nas vidas de Jamie e Claire quando estão em discórdia e precisam restaurar a harmonia. Na antiga alquimia, o todo representa mais do que a soma de suas partes e, em um nível anatômico, muitos metais e minerais possuem estruturas moleculares em forma de quincunces.

Em bandeiras, banners e outros emblemas, os elementos geralmente são organizados em um padrão de quincunces, que é então chamado de cruz diagonal ou Cruz de Santo André. A bandeira da Escócia e o símbolo escocês onde temos a cruz de Santo André passando por cada ponto formando um quincunce, são dos símbolos que trazem mais orgulho para eles. As pedras de Craigh na Dun foram dispostas em um padrão de quincunce

10. J & C
Localizada acima do cão-lobo, a letra J aparece no final do aleph. No lado oposto, podemos ver a letra C, tendo assim as letras J e C para Jamie e Claire, o que pode ser interpretado como “Eu sou o Alfa e o Ômega”. Eles são o começo e o fim um do outro, uma união divina, amantes escritos nas estrelas que se casaram com Deus.

11. Ondas
Bem menos enigmáticos que outros símbolos, as ondas na placa são apropriadas. Ondas levam barcos para mar a dentro, movem as correntes e moldam as margens. Relocação, se deixar levar e como a vida se molda são temas centrais do livro Voyager..

3. Prateleiras de livros.

Jon Gary Steele and Terry Dresbach, inseriram algo muito especial no set da autora Diana Gabaldon. Este pode ser mais difícil de encontrar, Steele admite. Lynette deu uma dica em seu Twitter.

book

4. Vestidos de Claire. 

Um dos vestidos mais chiques de Claire desta temporada foi na verdade reciclada do guarda-roupas da segunda temporada. Fique de olho no vestuário familiar na segunda parte dos 13 episódios. “Estamos tentando ser o mais autênticos possível”, diz Dresbach à EW. “As pessoas têm dois ou três vestidos que durariam a vida inteira”.

CLAIREDRESSPARIS&JAMAICA.jpg

5. Claire vestiu um look com cinto desde a 1ª temporada.

O cinto foi usado como vestuário várias vezes antes, incluindo quando os recém-casados Frasers viajaram para Lallybroch pela primeira vez na primeira temporada.

Untitled-design-11

6. Sopa de Tartaruga.

WhatsApp Image 2018-03-25 at 7.53.59 PM
Encontrei um ovo de páscoa na casa de Boston.


7. O globo de Boston de 1949.

Nós tivemos a idéia de começar com Claire lendo um artigo real de uma edição real do Boston Globe em 1949, sobre uma rebelião contra a Inglaterra que de fato ocorreu – o nascimento da República da Irlanda. Este foi um pequeno ovo de Páscoa que demos a Caitriona, que é da Irlanda.

picture281-e1505682740745.png

8. Sam Heughan estava de fato operando uma impressora.

O diretor Ronald Moore disse ao Hollywood Reporter: “Gary Steele, nosso designer de produção, foi muito tempo projetando uma gráfica. Foi um grande show no set. Na verdade, duas impressões foram feitas para  a série, e Heughan aprendeu a fazê-las para suas cenas.

c99c87c2b865c3b45889ac4552fb8764

9. Nós na verdade já vimos o set do Printshop antes.

Os roteiristas e diretores revelaram que o set da loja de impressão foi de fato reaproveitado da loja de boticário de Master Raymond em Paris, na segunda temporada.

a-outlander-episode-4-1

 10. Claire e Jamie gravaram suas iniciais nas mãos um do outro.

Jamie & Claire “C” e “J” escrevendo suas iniciais nas mãos um do outro foi cortada da terceira temporada!
Alguns espectadores atentos viram um pequeno “J” esculpido na palma de Claire e um pequeno “C” gravado na mão de Jamie nas cenas deletadas.

C&J

11. Os sets de navios eram tão realistas que o elenco e a equipe ficaram enjoados.

Roberts diz à Entertainment Weekly: “Teríamos que parar porque normalmente há de 40 a 50 pessoas no navio e as pessoas ficaram enjoadas. Eu fiquei enjoado, mesmo quando estavamos fazendo os testes no Artemis, que realmente vai de 10 graus a 10 graus. No começo todo mundo lá em cima estava dizendo: “Ah, isso é ótimo.” Então, cerca de cinco segundos depois, ficamos tipo: “Isso não é tão bom assim”.

Jamie-ship

12. O pé de coelho de sorte de Elias Pound é importante em toda a temporada.

Elias deu a Claire seu pé de coelho da sorte enquanto eles tratavam vítimas de tifo a bordo do Porpoise. Ela o devolveu e o enterrou no mar com ele quando ele sucumbiu à doença. No entanto, esta não é a primeira vez que vemos um coelho na terceira temporada: também notamos um coelho correndo pela tela na Batalha de Culloden, bem como um coelhinho de pelúcia no berço da pequena Brianna. Roberts confirmou em um vídeo dos bastidores que eles estavam propositadamente usando o tema coelho durante toda a temporada.

elias-pound

13. O banho de sangue de Geillis Duncan foi inspirado por Drácula.

Enquanto esta cena intensa não estava no livro, Roberts disse que ele foi inspirado pela história de Drácula, de Bram Stoker, para este episódio, bem como pela Condessa Elizabeth Báthory ,de Ecsed, também conhecida como a Condessa do Sangue, uma mulher da vida real do século XVI, que se banhava no sangue dos virgens para manter sua pele jovem.

Geillis-blood-foot.gif

14. O título “Bakra” tem um significado forte.

A palavra não é usada nos livros, e a definição nunca é dada na série. No entanto, com uma pequena pesquisa descobriu-se que a palavra “Bakra” foi usada pelos garotos mantidos na servidão de Geillis como um pseudônimo da própria Geillis. Isso significa “chefe” ou “mestre” em Patois jamaicano.

Young-Ian

15. Geillis cita Casablanca em sua primeira reunião com Claire.

“De todas as articulações de gim em todo o mundo”, diz Geillis enquanto caminha até Claire após 20 anos sem vê-la. As duas mulheres do século 20 seriam as únicas a reconhecer a frase como uma citação do icônico filme de 1942, estrelado por Humphrey Bogart e Ingrid Bergman.

geillis

16. Geillis pergunta a Claire a mesma pergunta que ela sempre faz.

Enquanto aguarda seu julgamento em Crainsmuir na primeira temporada, Geillis repetidamente pergunta a Claire, “Por que você está aqui?” Ela continua a confrontar Claire desta forma no final da temporada.

Geillis-claire.jpg

17. Claire tem uma fala familiar na abertura do último episódio da temporada.

As primeiras palavras que ouvimos no final da temporada são de Claire quando ela está se afogando no meio de um furacão: “Eu estava morta”. Essa frase ecoa exatamente as falas de Jamie no começo da terceira temporada quando ele está deitado no campo depois da Batalha de Culloden.

Outlander Season 3 (screen grab) CR: Starz

18. Os créditos finais prenunciam o futuro .

Avançando no mundo Outlander, a linha do tempo está se aproximando da década de 1770, e com Jamie e Claire agora na América, é óbvio o que nossos heróis irão encontrar – a Revolução Americana. As músicas de pífano e bateria no final da temporada dão um vislumbre do futuro revolucionário reservado para nossos personagens. O compositor musical Bear McCreary explicou ao Mashable.

Ending-Episode-13

 

 

#PayMyTherapy

#PayMyCaipirinha

A imagem pode conter: texto

#PayMyEasterEggs

EK1Ch.gif

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s